sexta-feira, 4 de junho de 2010

o meu guardião sabe o que é melhor para mim

Mulheres que rejeitam a igualdade na Arábia Saudita.

O melhor parágrafo é este:

«Ms. Yousef, whose guardian is her elder brother, said that she enjoyed a great deal of freedom while respecting the rules of her society. Guardian rules are such that she could start her campaign, for instance, without seeking her guardian’s permission.»

I wonder why...

A activista Wajeha al-Huwaider tem tanta liberdade que foi impedida de sair do país apenas com o seu passaporte. Faltava o guardião.

Sem comentários: