domingo, 14 de março de 2010

pasion


Escrevo, escrevo, arabescos corridos da esquerda para a direita. A caligrafia dança no passo dos dedos que esgravatam almas de papel.

Ay, abrázame esta noche
aunque no tengas ganas
prefiero que me mientas
tristes breves nuestras vidas
acércate a mí
abrázame a ti por Dios
entrégate a mis brazos.

Canta a Lula Pena. Que pena, que pena que já não se dança.

2 comentários:

blue disse...

que pena, que pena. um dos meus maiores desgostos.

maria n. disse...

Meu também, Cláudia. Li há dias um artigo sobre um homem que se inscreveu no ballet aos 60 anos, por isso, se nos apetecer acho que ainda vamos a tempo ;)