segunda-feira, 23 de março de 2009

ar

Como de costume, esta manhã abri a janela do meu quarto e enchi os pulmões de ar. Comecei a tossir. Não era ar, era fumo e cinzas.
Não há cheiro pior que o cheiro da natureza queimada.

2 comentários:

sem-se-ver disse...

concordo em absoluto.

Maria N. disse...

E dizem que há cheiros piores, mas enganam-se. Este cheiro parte o coração.