segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

duas horas em Gaza

O Miguel Portas passou duas horas em Gaza e veio de lá surpreendido.

«Confessando a sua "surpresa" pela forma como o povo palestiniano enfrenta a "tragédia"»
«admitindo ter ficado surpreendido com a "severidade do olhar das mulheres".»
«Quanto ao ambiente nas ruas, o eurodeputado português confessou ter ficado surpreendido pela forma como o povo sai para a rua durante o período que devia ser de tréguas.

2 comentários:

Ana Cristina Leonardo disse...

para reportagem "impressionista" é muito fraco

Maria N. disse...

Ana,
A impressão com que fiquei depois de ler a notícia no Público, foi a da surpresa do MP. Uma imagem dele entre os destroços, com a boca aberta de espanto, foi o que me passou pela cabeça. No blogue dele, ele diz-se impressionado mas não surpreendido, o que está mais de acordo com aquilo que eu esperaria dele.