segunda-feira, 11 de agosto de 2008

ossetia do sul






Não tento sequer perceber os motivos, os argumentos, as hipocrisias, os antecedentes, as causas, as consequências, o futuro. Procurar carrascos e heróis parece-me um exercício fútil quando se contempla a face das vítimas de ambos os lados do conflito. A humanidade tem milénios de história para onde olhar, de onde tira lições e constrói moralidades, mas nada muda. A humanidade é isto e é isto que tem para mostrar.

Sem comentários: